BNDES E FUNDO DE GARANTIA O FGTS RECEBERÃO INVESTIMENTO DE R$ 30 BILHÕES.

O Governo disponibilizou R$ 30 Bilhões de Reais para apoiar o financiamento de longo prazo dos projetos do programa de concessões de infraestrutura. Os recursos vão ser usados na aquisição das debentures que vierem a ser emitidas pelos grupos vencedores dos leilões e também de empréstimos.
Deste montante o BNDES, vai entrar com R$ 18 Bilhões, já o Fundo de investimento do FGTS ( Braço de infraestrutura do Fundo de Garantia por tempo de serviço).
No caso dos aeroportos os investimentos do primeiro ciclo poderão receber até 40% de financiamento com expectativa de taxa de 9% ao ano e acréscimo de 1,5 % de taxa de risco.
Para as Rodovias o Banco anuncia plano de condições de financiamento para rodovias Já vigentes com financiamento em até 15 anos.
Outra importante mudança será o fim do chamado “ empréstimo ponte”. Onde as vencedoras das concessões buscavam empréstimos de bancos privados até que o BNDES disponibilizasse o valor, o que em muitos casos não aconteceu e muitas concessões foram comprometidas por conta deste problema.
Segundo a presidente do BNDES a Srta Maria Silva Bastos e o Presidente do Banco do Brasil Paulo Caffarelli, o Valor de R$ 30 Bilhões é inicial e que os bancos privados poderão ingressar neste plano, aumentado a oferta de recursos para as concessões.
Outra importante Mudança é sobre a fiança o governo criou uma ferramenta contratual chamada “rota de fuga” ou “Válvula de Escape”, na qual a empresa só é obrigada a começar a obra quando receber o crédito do financiamento.

infraestrutura