Smart City

Uma Smart City (Cidade Inteligente) é aquela que coloca as pessoas no centro do desenvolvimento, incorpora tecnologias da informação e comunicação na gestão urbana, utiliza esses elementos como ferramentas que estimulam a formação de um governo eficiente.

Que engloba o planejamento colaborativo e a participação do cidadão. Smart Cities favorecem o desenvolvimento integrado e sustentável tornando- se mais inovadoras, competitivas, atrativas e resilientes, melhorando vidas.

O foco atual é a cidade criativa e sustentável, que faz uso da tecnologia em seu processo de planejamento com a participação dos cidadãos. Segundo a União Européia, Smart Cities são sistemas de pessoas interagindo e usando energia, materiais, serviços e financiamento para catalisar o desenvolvimento econômico e a melhoria da qualidade de vida.

Esses fluxos de interação são considerados inteligentes por fazer uso estratégico de infraestrutura e serviços e de informação e comunicação com planejamento e gestão urbana para dar resposta às necessidades sociais e econômicas da sociedade.

De acordo com o Cities in Motion Index, do IESE Business School na Espanha, 9 dimensões indicam o nível de inteligência de uma cidade:

  • Governança

  • Administração Pública

  • Planejamento Urbano

  • Tecnologia

  • Meio-Ambiente

  • Conexões Internacionais

  • Coesão Social

  • Capital Humano

  • Economia

As Maiores Smart Cities

As 7 maiores Smart Cities do mundo, detém grande destaque por seu compromisso com a tecnologia em benefício da população.

  1. Nova York, Estados Unidos
  2. Amsterdã, Holanda
  3. Tóquio, Japão
  4. São Francisco, Estados Unidos
  5. Viena, Áustria
  6. Copenhagen, Dinamarca
  7. Curitiba, Brasil
  8. Shenzhen – China

Projetos de Smart City na China

A China possui 500 projetos de cidades inteligentes, este número é o mais alto do mundo. Estes projetos tiveram inicio quando a China começou a implantar o desenvolvimento nacional de Smarty Cities em 2012, incentivando o uso de tecnologias, como a inteligência artificial.

A China busca implantar 100 novas cidades inteligentes até 2020, com o proposito de liderar o planejamento e desenvolvimento urbano do país. Com essas implantações a indústria ganha mais apoio politico e investimentos, segundo a agencia Xinhua, Ma Jionglin.

Shenzhen

Shenzhen é o principal exemplo de Smart City na China. Cidade planejada e inteligente, com setores escolhidos de forma criteriosa e que serve como modelo de desenvolvimento, principalmente nas áreas de inovação e sustentabilidade.